Assine nossa newsletter.

Fique informado sobre as principais tendências em energias renováveis. Deixe seu e-mail e receba nossos conteúdos.

Jovens do Programa Transforma terão educação ambiental com foco em energias renováveis

Mais de mil crianças e adolescentes da região Leste de Uberlândia (MG) serão beneficiados com um projeto de educação ambiental, com foco em energias renováveis. A sede do Programa Transforma, no bairro Alvorada, recebeu uma usina fotovoltaica com potência de mais de 6 kWp e, com ela, uma série de ações para os educadores e jovens beneficiados.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre o Instituto Algar – responsável por iniciativas sociais nas comunidades em que o grupo Algar atua – e a área de pesquisas em inovação social da Alsol Energias Renováveis, chamada de Alsolcial. Envolve também a BYD e a ABB – fornecedores da Alsol que doaram os equipamentos para a usina -, além do Projeto Sinergia Solar, cujo objetivo é capacitar estudantes e professores para dar visibilidade à energia solar como solução para o Brasil.

Por um lado, a usina vai proporcionar sustentabilidade ambiental e financeira para o Programa Transforma. “A economia estimada é de mais de R$ 8 mil ao ano, verba que será revertida para a instalação de painéis fotovoltaicos nas outras unidades do Transforma, para também gerarem energia limpa”, explicou Carolina Toffoli, gerente do Instituto Algar. Em relação ao meio ambiente, mais de 5 toneladas de CO2 deixarão de ser emitidas na atmosfera.

Paralelamente, educadores e jovens serão capacitados para dar visibilidade à energia solar como solução para o Brasil. Eles participaram da instalação das placas, receberam uma formação específica e oficinas com teorias e experimentação de jogos, além de outras ações pedagógicas que ainda serão realizadas.

Além do Programa Transforma, 10 diferentes escolas, públicas e privadas, e ONGs também participaram da formação de educadores solares e receberam kits pedagógicos para promover o conhecimento de seus alunos sobre energias renováveis. “É uma parceria que nos dá a possibilidade de permear princípios essenciais do Instituto: cuidar do meio ambiente, estimular a educação e ações sociais”, complementa Carolina.

O Programa Transforma visa promover o desenvolvimento de crianças e adolescentes, por meio de oficinas de Cultura/Artes e Cultura Digital, realizadas durante o contraturno escolar, com a proposta de uma educação integral. As atividades são voltadas para alunos de ensino fundamental e médio, matriculados em escolas públicas, que são convidados a vivenciar e a produzir, desenvolvendo e exercendo sua autonomia e protagonismo.

Para Natália Palazzo, coordenadora do Alsolcial, a parceria é importante porque promove a democratização da geração da energia elétrica a partir de fontes renováveis e a inclusão tecnológica. “Estamos levando a esses jovens a oportunidade de conhecer todo o processo de instalação de uma usina fotovoltaica, demonstrando todos os benefícios que ela proporciona. São ensinamentos que podem ajudar a moldar uma visão de mundo mais voltada para a sustentabilidade e contribuir com mudanças significativas do setor elétrico brasileiro a curto e médio prazo”.

Sobre o Alsolcial

Alsolcial é o nome do grupo de pesquisas em inovação social da empresa Alsol. A área de inovação da Alsol trabalha inovação tecnológica e de arranjos técnicos, novos modelos de negócios, inovação social, regulatória e ambiental, todos estes pilares em sinergia entre si.

Os projetos idealizados e executados pelo Alsolcial têm como objetivos principais gerar resultados experimentais que sirvam como subsídio para mudanças regulatórias e geração de conhecimento nas diferentes esferas, tais como alternativas à Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e capacitação de pessoas, reutilização de equipamentos, além de estudos sobre mudanças de hábitos no consumo de energia e utilização de energias renováveis através da formação de crianças e jovens.

Os projetos do Alsolcial são financiados por parceiros fornecedores de tecnologia e agentes do setor elétrico, programas de pesquisa e desenvolvimento, cooperações nacionais e internacionais, visando promoção de empregos, capacitação e redução de custos e despesas, sempre com foco no desenvolvimento econômico e social.